Cabeamento Estruturado

Gateway VPN
20 de fevereiro de 2020

artigo sobre estruturação de cabeamento para empresas

Cabeamento Estruturado

O cabeamento estruturado é uma modalidade de organização de cabos, tomadas e plugues que tem o intuito de criar um ambiente facilmente modificável e adaptável. Além da facilidade de modificações da rede, o cabeamento estruturado também é pensado em criar facilidades para reparos no sistema.

Este tipo de cabeamento é descendente dos antigos terminais telefônicos que existiam décadas atrás.

Ele é feito com o uso de materiais específicos como o rack, o switch, a central telefônica, o patch panel e os cabos e conectores corretos.

Além da vantagem da facilidade de mudanças e reparos, o cabeamento estruturado também traz:

  • – Redução no número de profissionais necessários para manter o funcionamento da rede;
  • – Manutenção rápida e direta;
  • – Facilidade de ampliação da rede sem a necessidade de mudanças na alvenaria do prédio;
  • – Redução de custos a longo prazo;
  • – Facilidade na hora de identificar erros na rede e o ponto exato do defeito.

Ou seja, não há dúvidas de que o cabeamento estruturado é essencial para uma empresa, escritório ou até mesmo residência. Utilizar esta estrutura apresenta uma melhor eficiência com menor custo a longo prazo.

Mas para que a pessoa tenha estes benefícios o cabeamento deve ser feito utilizando as melhores práticas possíveis. Uma estrutura destas, quando malfeita, traz muitos prejuízos e dores de cabeça.

E por mais que a importância das boas práticas aplicadas ao cabeamento seja óbvia, ainda existem muitas empresas que decidem fazer de forma improvisada, atrapalhando o funcionamento da rede e em muitos casos o andamento da rotina de trabalho.

Quais práticas seguir em um cabeamento estruturado

Fazer a organização correta dos cabos, sem enrolações, sem nós, tranças ou curvas malfeitas. É importante que os cabos fiquem bem organizados, o que geralmente é feito com abraçadeiras, velcros e outros organizadores. Além de melhorar a estética do ambiente, o cabo bem organizado facilita futuras trocas.

A identificação dos elementos da rede também é fundamental para o cabeamento estruturado. Não adianta ter todos os cabos arrumados de forma bonita se você não tem ideia de para onde cada um vai e onde são ligados.

Por isso devemos sempre fazer uma marcação que identifique os pontos de rede no painel do rack. Este é um processo trabalhoso de início, mas que evitará muitos transtornos futuros quando a rede precisar ser reparada ou ampliada. As marcações podem ser simples, feitas com caneta ou com adesivos diferentes.

Mas a prática mais importante a ser seguida durante a montagem de um cabeamento estruturado são as normas oficiais.

No Brasil, as normas mais utilizadas são: NBR14565 Procedimento básico para elaboração de projetos de cabeamento de telecomunicações para rede interna estruturada, ANSI/TIA/EIA 568-A para a crimpagem dos cabos, ANSI/TIA/EIA 569-A para infraestrutura, ANSI/TIA/EIA 606 para a administração da rede e ANSI/TIA/EIA 607 para o aterramento.

Não esqueça de utilizar sempre materiais que sejam de boa qualidade, desde o rack até as abraçadeiras, não adianta confiar em produto fraco para este tipo de estrutura tão importante.

É por este motivo que a Condufibra oferece uma grande variedade de produtos de alta qualidade para os seus clientes, garantindo que todo o cabeamento estruturado funcione com perfeição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *